sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Quando você fica amigo da comida

 Nossa cara, eu nunca iria conseguir assar um porco inteiro. No momento que rolasse uma troca de olhares, eu ia abraçar o bicho e chorar copiosamente

Nenhum comentário:

Postar um comentário